Untitled
Ciúmes só faz as pessoas se distanciarem cada vez mais, e ainda tem gente achando que é “bonitinho”
Tenho o dom de afastar as pessoas de mim.
Quer ir? Que vá. Mas não volta depois mais não, Zé. Cansei mesmo. Meu coração tá cansado dessas indas e vindas, e tu só piora. Já não me faz bem como fazia antes. Quer ficar por lá? Que fique. Não vou lamentar mais sua ausência. Espero que tu seja feliz por lá. Mas se não for. Não volte pedindo pra eu cuidar de ti de novo não. Por favor… Nós fomos feitos pra gostarmos um do outro não pra ficarmos juntos. Eu. Você. Nós dois sabemos disso, e olha não é de hoje. Então faz assim, vá e fique por lá, não volte, eu não aguento mais perder e ficar sem ti. Já doeu uma vez, duas, três (…) Não quero que doa mais.
                       Cristiane de Cássia.  (via in-t0cavel)
- Qualquer bar, ou vestígio de civilização, fica do outro lado da cidade, Henrique. E mesmo que fosse aqui do lado, você ainda assim não deveria estar aqui. Não sei quantas vezes vou ter que dizer isso para que você finalmente entenda.
- Talvez eu tenha dado alguns passos a mais… Não me pareceu muito grande a distância, em comparação.
- Comparação com o quê?
- Com a distância entre nós dois.
                          Ana e Henrique. ( salt-waterroom )
Eu tentei, por Deus eu tentei. E não foi só uma, duas, três vezes não. Foram inúmeras, incontáveis vezes em que tentei esquecer você. Eu fiz de tudo, tudo que estava ao meu alcance. Eu deletei seu número do meu celular, eu parei de visitar suas redes sociais até me afastei de “amigos comuns” que tínhamos. — Porque de alguma forma eles me lembravam você. Eu troquei os nossos lençóis por outros que não contém teu cheiro, eu me afastei, eu sumi. Mas de nada adiantou — Como sempre. Eu não consigo. Mas um vez foi em vão minhas tentativas. Porém no meio delas eu parei pra pensar e percebi que não dá, simplesmente não dá pra tentar tirar da cabeça algo que não sai de maneira alguma do coração. E assim eu percebi também que para eu esquecer de você, só se eu esquecer de mim primeiro.
                         Cristiane de Cássia.  (via in-t0cavel)
tem sensação melhor do que perceber que a indireta foi entregue com sucesso?
Eu corri atrás. Eu lutei, por Deus eu fui até o fim do mundo por você, eu cheguei no meu limite. Eu fiz de tudo, tudo que estava ao meu alcance. Eu derramei lágrimas, eu caí e me reergui por ti. E você? Bom… Nem se quer me deu valor, nem estava ao meu lado nessas recaídas. Diferente de mim, tu não me ligou de madrugada pra saber se tive pesadelos ou se estava sentindo frio. Todas suas promessas foram jogadas ao vento junto com tuas juras de amor. Você foi só mais uma ilusão, tu foi só mais uma parte quase invisível (que dói, um pouco, ou talvez muito, ficar sem). Mas olha, eu quero que tu saibas que eu ainda farei muita falta. Que tu ainda vai ler algo e vai lembrar de mim. Você ainda vai chorar ao escutar nossa música ou ao ver uma foto de casal. Percebi que tu ficas pior sem mim, assim como eu sem ti. Mas olha eu já sofri demais, já chorei demais, tá na hora de você lamentar um pouco.
                             Cristiane de Cássia.  (via in-t0cavel)
in-t0cavel:

Ontem eu te vi com ela. É, ela. E eu a odeio. Odeio aquele sorriso que ela sempre dá quando está perto de você e aquele jeito como ela te abraça, porque ela parece te ter tanto nas mãos. Eu odeio quando ela fala de você pras amigas ou quando vocês discutem sobre algo bem idiota na frente de todo mundo o que faz vocês parecerem o casal mais perfeito do mundo. Casal… Eu odeio usar esse termo para me referir a vocês. Eu odeio a palavra “vocês” também. Eu gostava do nós. Juntos. Gostava das nossas birras e dos nossos ciúmes, e você dizendo que não me queria com aquele garoto por quem eu já fui encantada. Mas te ver com ela, caminhando de mãos dadas e sorrindo feitos dois idiotas apaixonados que normalmente só vemos em filmes românticos me fez querer desistir de você e de tudo que algum dia tivemos, mas o problema é que eu ainda sou tão apegada a você. E você tão apegado àquela menina-princesa que te encanta todos os dias. E você me parece tão dela agora; tão distante de mim. E como eu queria estar no lugar dela. Pelo menos mais uma vez. Aquela vez, ontem, quando ela segurou sua mão e você a abraçou com toda a força do mundo. Ela tinha meu mundo ali, em frente a ela e nem sabia. Ela tinha tudo. E de verdade? Espero que ela não te dê valor. Espero que ela faça com você tudo totalmente ao contrário de como eu fiz. Espero que ela não acorde as três da manhã pra ir até sua casa e medir sua temperatura, e muito menos tentar achar algum remédio pra te ver ao menos de perto. Espero que ela não apague todos os seus sms’s do celular só para que você tenha que mandar mais ou que ela sinta sua falta enquanto você senta em uma carteira do outro lado da sala, ou que ela não fique no bebedor sempre te esperando voltar para poder te dar um beijo escondido. Espero que ela não seja sensível e chore enquanto você elogia o cabelo dela ou a falta de humor mesmo quando você odiar isso. Espero que ela não te peça para voltar. Aliás, espero que ela seja tudo aquilo que você não merece, que você não queira. Espero que… Desculpa. Eu estou sendo infantil daquele jeito que você sempre odiava e olha, estou sendo egoísta também. Só queria te pedir uma coisa. A essa altura nem sei se posso, mas… Não olha pra ela daquele jeito quando eu estiver por perto, e nem a faça sorrir a ponto de fazer todo mundo desaparecer aos olhos dela. Não coloque fotos onde eu possa vez e por favor… Não sussurra no ouvido dela. Não faça nada enquanto eu estiver perto, enquanto eu puder ver. E acima de tudo: não ouse tocar os lábios dela daquela forma. Daquela, sabe? Como fazíamos. Se eu pudesse pedir para nunca beijá-la eu pediria, mas como não posso. Só, por favor, não faça nada com ela que esteja ao meu alcance de visão. Imaginar dói, ver é muito pior. Dói, porque ela está segurando as mãos que foram minhas, abraçando o corpo qu foi meu e beijando os lábios que… Bom, que sempre serão meus. Ela está com metade de mim afinal. […] E não esquece que você é um idiota! Que você perdeu a pessoa que mais te daria valor no mundo e que eu poderia ser tudo pra você se esse seu orgulho não fosse tão alto e se sua cara de pau não fosse tão torturante. Você é um idiota por ficar parado me vendo ir embora e querer desistir de você. E é um idiota simplesmente por ser assim; de um jeito tão babaca e que me causa dor. Você é um idiota por não ver que eu te amo mais do que ela e do que qualquer pessoa vai amar. Você é um idiota por me deixar chorar e ainda querer tanto você por perto. É um idiota por sentir minha falta e não vir atrás de mim. Você é um idiota por não dar valor ao que tem, e só querer mais e mais quando na verdade o seu mais e mais vai acabar e eu não vou poder olhar nos seus olhos por não estar com você… Por estar longe demais e dizer que eu tinha razão. Você é um idiota por me deixar te virar as costas, por não me beijar e por não me chamar de sua. Por estar com ela. Por saber que eu sempre vou ser a sua pequena e não correr atrás de mim. […] Tanto faz agora, não é? Que ela te faça muito (in)feliz e que ela nunca desista de você, de uma forma que não deu tempo de eu conseguir fazer… Ahn, eu te amo. Só pra você não esquecer. ( d♥s )“P.S: Eu ainda estou esperando você voltar.”

in-t0cavel:

Ontem eu te vi com ela. É, ela. E eu a odeio. Odeio aquele sorriso que ela sempre dá quando está perto de você e aquele jeito como ela te abraça, porque ela parece te ter tanto nas mãos. Eu odeio quando ela fala de você pras amigas ou quando vocês discutem sobre algo bem idiota na frente de todo mundo o que faz vocês parecerem o casal mais perfeito do mundo. Casal… Eu odeio usar esse termo para me referir a vocês. Eu odeio a palavra “vocês” também. Eu gostava do nós. Juntos. Gostava das nossas birras e dos nossos ciúmes, e você dizendo que não me queria com aquele garoto por quem eu já fui encantada. Mas te ver com ela, caminhando de mãos dadas e sorrindo feitos dois idiotas apaixonados que normalmente só vemos em filmes românticos me fez querer desistir de você e de tudo que algum dia tivemos, mas o problema é que eu ainda sou tão apegada a você. E você tão apegado àquela menina-princesa que te encanta todos os dias. E você me parece tão dela agora; tão distante de mim. E como eu queria estar no lugar dela. Pelo menos mais uma vez. Aquela vez, ontem, quando ela segurou sua mão e você a abraçou com toda a força do mundo. Ela tinha meu mundo ali, em frente a ela e nem sabia. Ela tinha tudo. E de verdade? Espero que ela não te dê valor. Espero que ela faça com você tudo totalmente ao contrário de como eu fiz. Espero que ela não acorde as três da manhã pra ir até sua casa e medir sua temperatura, e muito menos tentar achar algum remédio pra te ver ao menos de perto. Espero que ela não apague todos os seus sms’s do celular só para que você tenha que mandar mais ou que ela sinta sua falta enquanto você senta em uma carteira do outro lado da sala, ou que ela não fique no bebedor sempre te esperando voltar para poder te dar um beijo escondido. Espero que ela não seja sensível e chore enquanto você elogia o cabelo dela ou a falta de humor mesmo quando você odiar isso. Espero que ela não te peça para voltar. Aliás, espero que ela seja tudo aquilo que você não merece, que você não queira. Espero que… Desculpa. Eu estou sendo infantil daquele jeito que você sempre odiava e olha, estou sendo egoísta também. Só queria te pedir uma coisa. A essa altura nem sei se posso, mas… Não olha pra ela daquele jeito quando eu estiver por perto, e nem a faça sorrir a ponto de fazer todo mundo desaparecer aos olhos dela. Não coloque fotos onde eu possa vez e por favor… Não sussurra no ouvido dela. Não faça nada enquanto eu estiver perto, enquanto eu puder ver. E acima de tudo: não ouse tocar os lábios dela daquela forma. Daquela, sabe? Como fazíamos. Se eu pudesse pedir para nunca beijá-la eu pediria, mas como não posso. Só, por favor, não faça nada com ela que esteja ao meu alcance de visão. Imaginar dói, ver é muito pior. Dói, porque ela está segurando as mãos que foram minhas, abraçando o corpo qu foi meu e beijando os lábios que… Bom, que sempre serão meus. Ela está com metade de mim afinal. […] E não esquece que você é um idiota! Que você perdeu a pessoa que mais te daria valor no mundo e que eu poderia ser tudo pra você se esse seu orgulho não fosse tão alto e se sua cara de pau não fosse tão torturante. Você é um idiota por ficar parado me vendo ir embora e querer desistir de você. E é um idiota simplesmente por ser assim; de um jeito tão babaca e que me causa dor. Você é um idiota por não ver que eu te amo mais do que ela e do que qualquer pessoa vai amar. Você é um idiota por me deixar chorar e ainda querer tanto você por perto. É um idiota por sentir minha falta e não vir atrás de mim. Você é um idiota por não dar valor ao que tem, e só querer mais e mais quando na verdade o seu mais e mais vai acabar e eu não vou poder olhar nos seus olhos por não estar com você… Por estar longe demais e dizer que eu tinha razão. Você é um idiota por me deixar te virar as costas, por não me beijar e por não me chamar de sua. Por estar com ela. Por saber que eu sempre vou ser a sua pequena e não correr atrás de mim. […] Tanto faz agora, não é? Que ela te faça muito (in)feliz e que ela nunca desista de você, de uma forma que não deu tempo de eu conseguir fazer… Ahn, eu te amo. Só pra você não esquecer. ( ds )

“P.S: Eu ainda estou esperando você voltar.”

Você chega de fininho, eu nem percebo o que está acontecendo. E, de repente, eu fico tão mole que sinto que o vento pode me derrubar nos teus pés. Essa é a maneira como você mexe comigo. Só isso… Só chegar de mansinho, com essa voz grossa, e todo meu mundo sai dos eixos.
Ana F.  (salt-waterroom)
Me indiquem tumblr de themes???